sexta-feira, 22 de abril de 2011

Carta Para Um Alguém

Por momentos julguei ter-te fechado a porta do meu coração e da minha vida definitivamente, porém, enganei-me. O sonho que tivera na noite passada, reavivara-me todas as memórias e recordações que até a data se encontravam suspensas neste interior. Embora eu soubesse que não tinha tido qualquer tipo de contacto contigo, tudo o que vivenciara naquele sonho continha em si um lado tão verídico que seria capaz de denominá-lo como real. Permitira-me relembrar o teu sorriso e o teu cheiro, não que os tivesse esquecido anteriormente, na verdade apenas se encontravam adormecidos no pouco que restava de ti em mim. Ao deparar-me com uma realidade em que tu estavas ausente, tentei a toda a força levar-te até ela. Desci ao sótão, e entre inúmeros objectos consegui por fim encontrar o meu baú de recordações, no qual guardava milhares de fotos tuas. Peguei nelas com todo o cuidado, visto que, tudo o que de alguma forma se relacione contigo para mim é um tesouro, o meu tesouro. O meu olhar fixou-se no teu e falei-te, disse-te tudo o que já a bastante tempo queria dizer e nunca tivera coragem. Horas depois, quando por fim acabei, o meu rosto encontrava-se embebido em lágrimas em consequência de todo o arrependimento sentido e da falta de respostas da tua parte. Posteriormente, senti um gigantesco sufoco de alma e um regresso ao vazio. Apesar disso, sabia que tinha de oferecer-lhe alguma resistência, não podia permitir que se instalasse e tomasse conta de mim transformando-me em “nada”. Saí de casa e decidi procurar-te. Após percorrer várias ruas, encontrei-te. Lá estavas tu, sentado naquele banco junto ás árvores e de cabeça baixa. O meu coração estava acelerado e as pernas tremiam de forma incontrolável. Aproximei-me de ti e sem a minha percepção os nossos lábios já se encontravam unidos. Abraçamo-nos e posteriormente seguras-te a minha cara com as tuas mãos, olhaste-me nos olhos como se não houvesse amanhã e disseste-me,  “ Nunca saí daqui, sabia que virias”.
Na verdade, nunca cheguei a arrumar o meu baú de recordações e a partir em busca de ti. Sempre estive e estarei aqui, guardando o que ainda resta de ti e de nós. Talvez um dia, a coragem bata à porta e eu a deixe entrar e por fim ganhe coragem para te amar.

119 comentários:

  1. Maravilhoso, sem dúvida $:


    ~ Márcia Reis.

    ResponderEliminar
  2. Está mágnifico, mesmo. Amei *-*

    ResponderEliminar
  3. muito muito obrigada mesmo *.*

    ResponderEliminar
  4. O que tu escreves-te aqui, era aquilo que eu gostava de conseguir dizer neste momento. :)
    Mais uma vez, adorei.

    ResponderEliminar
  5. Encontra-te dentro das tuas memórias e nunca deixes de correr atrás dos teus sonhos, pq qd lutares por eles vais alcançá-los e aí terás sempre alguem ou algo dentro de ti que te diga: "Nunca saí daqui, sabia que virias”.

    Bom post, Isa :)
    Beijinho *

    ResponderEliminar
  6. Daniel Pinto22 abril, 2011

    woooow , se eu tenho jeito para cantar , tu tens jeito para escrever *-*
    está lindo, Isa +.+

    ResponderEliminar
  7. tão lindaaaa *.*
    pois foi , ai :$
    obrigda <3

    ResponderEliminar
  8. eu é que posso dizer que adorei mesmo o teu :)

    ResponderEliminar
  9. sim, e já estou a seguir. segues-me tambem dear? :)

    ResponderEliminar
  10. Obrigada minha querida, mesmo ! <3

    ResponderEliminar
  11. é mesmo. e uma coisa é verdade, quando uma relação acaba parece que nos desleixamos, talvez porque enquanto estávamos com alguém tinhamos gosto em que essa pessoa nos visse bonitas, arranjadas. e agora no fim, despreocupamo-nos com isso porque na verdade já não temos de agradar a ninguém em especial!

    ResponderEliminar
  12. obrigado :)
    gostei imenso deste post *

    ResponderEliminar
  13. é que é mesmo, e se for como o meu caso muito menos queremos sair com medo de o encontrar na rua e ficarmos ainda mais frágeis. já eu não posso dizer o mesmo, continuamos amigos e por mais que já não gostasse dele estava sempre ligada a ele, nem que fosse por sermos amigos mas também ainda só passou um mês e ainda gosto :s

    ResponderEliminar
  14. muito obrigada :)

    gosta tanto, tanto do teu texto :O
    vou seguir !

    ResponderEliminar
  15. ainda bem que gostaste +.+
    gostei do blog, sigo-te *

    ResponderEliminar
  16. nem sei o que diser :x
    gostei imenso do texto, expressa muito bem o que sentes. Se quiseres mesmo, hás-de ganhar essa coragem tal como ganhaste coragem para publicar as tuas coisas num blog.

    kiss, Al*

    ResponderEliminar
  17. nem mais, e mais cedo ou mais tarde esquecerei :) eu sento-me várias vezes na minha varanda de madrugada com os fones nos ouvidos a pensar nas coisas mas quando eu e ele acabámos sentei-me numa parte da minha escola sozinha, a ouvir musica e quando reparei tinha-o a olhar fixamente para onde eu estava constantemente. foi horrível mesmo :s

    ResponderEliminar
  18. que lindo !

    boa musica, estou a seguir (:

    ResponderEliminar
  19. sim, está muito muito bem *.*
    obrigada, doce (:

    ResponderEliminar
  20. Ainda bem que gostaste e obrigado (:
    adorei este *.*
    vou seguir*

    ResponderEliminar
  21. Este post está excelente ! Refereste mesmo a alguém em concreto?

    ResponderEliminar
  22. óhn, que linda, obrigada !
    foi a coisa mais bonita que me disseram aqui no blog (:
    eu não acho a minha escrita especial, mas sincera é, é exactamente a reprodução daquilo que sinto no momento .. às vezes isso torna-a demasiado confusa, mas pronto.

    quando li o teu texto, identifiquei-me bastante com ele, tanto na história como na escrita. por isso, tu sim, continua *.*

    és uma simpatia !

    ResponderEliminar
  23. que lindo minha querida!
    obrigada por tudo princess <3

    ResponderEliminar
  24. concordo plenamente contigo, querida :)
    eu, inclusive, criei o blog porque já não estava a conseguir desabafar de outra forma, já não conseguia expor a minha dor.
    espero, de qualquer forma, poder ajudar-te então, no que precisares :$

    ResponderEliminar
  25. pois é!
    eu criei o blog a pouco tempo e tenho escrito com regularidade porque estou de férias e, no ínicio, andava num momento calmo na escola. neste momento quero escrever muito mais do que aquilo que acho conveniente, sinto-me a explodir, enchia o blog de posts (;

    muito obrigada, isa ^.^

    ResponderEliminar
  26. Esta fantástico =)
    adoreii bjo
    Bruna :) xD

    ResponderEliminar
  27. esta espectacular.5 estrelas.parabens.

    ResponderEliminar
  28. Obrigada querida, gostei*

    ResponderEliminar
  29. Se ainda não guardaste o baú das recordações... de que estás à espera para correres atrás do tempo perdido, mas derrubar de vez o arrependimento, e encontrar esse alguém que te transporta no tempo e no espaço?!... Que te prende?!... Nada há a temer quando corremos em busca da nossa felicidade.

    Beijinhos
    Boa Páscoa


    ps: já tinha vindo aqui, mas as tuas palavras retrataram algo que sinto, e fiquei com as palavras coladas na alma. Mais uma vez, lindas as tuas palavras, profundas e tocantes.

    ResponderEliminar
  30. muito obrigada, querida *.*

    ResponderEliminar
  31. Obrigado pelas tuas visitas! Também gosto de receber os teus comentários. :)

    E sim, sei que nem sempre é hora de agir, às vezes temos de ficar no nosso canto, até aquele raio de sol brilhar com tal intensidade que aí, sim, corremos... e não paramos mais.

    Beijoooooooooo

    ResponderEliminar
  32. Texto tão profundo, gostei muitoooooo :x

    ResponderEliminar
  33. Parece que também me compreendes bem. Lidar com as pessoas é lixado :x

    ResponderEliminar
  34. SABES? É MUITO BOM PUDER CONTAR CONTIGO!

    ResponderEliminar
  35. sim, eu também só posso dizer que desde que acabei com ele chorar mesmo foi só no dia em que acabámos e ontem porque já passei por BEM PIOR e agora não me vou abaixo assim, ando triste mas agora é raro chorar por alguém, muito mesmo :)

    ResponderEliminar
  36. E é com cada desilusão.. cada uma pior que outra :x

    ResponderEliminar
  37. Vou arranjar um tempo para os ler, sendo assim. Fica aqui prometido. É sempre bom conhecer-mos alguém que tem algo haver connosco.

    ResponderEliminar
  38. é que é mesmo, e por exemplo antes podia haver coisas que nos pareciam gigantescas e eram minusculas. com as desilusões vamo-nos fortalecendo e vamos aprendendo a ver o tamanho das coisas. passamos a só dar importância a coisas gigantes e não a coisas pequenas, pequenos detalhes sem importância. por exemplo, se agora eu soubesse que alguma amiga minha tinha curtido c o rapaz em questão ou assim podia-me custar, mas também se não tenho nada c ele, não podia fazer nada. comecei a pensar mais com a cabeça e não c o coração e acho que isso vamos aprendendo com as coisas que nos deitam abaixo

    ResponderEliminar
  39. obrigada, também gostei muito desta carta :)

    ResponderEliminar
  40. exacto, eu sei que me deveria chatear e secalhar até aconteceria mas provavelmente não me iria afectar tanto como antes, hoje em dia as amizades andam cada vez mais falsas e encontrar alguma verdadeira é sem dúvida milagre, porque hoje em dia são cada vez mais raras

    ResponderEliminar
  41. oh obrigada por tudo, minha princesa <3

    ResponderEliminar
  42. é que é mesmo princesa, a nossa sociedade está cada vez mais egoísta e não olham a meios para atingir o que querem. é triste mas agora até um símbolo numa camisola ou nuns ténis diz-nos o que somos e não a nossa personalidade. no que os jovens de hoje se tornaram :s

    ResponderEliminar
  43. É mesmo muito doloroso.
    Obrigada. Beijinho.

    ResponderEliminar
  44. sim, eu própria também visto mas a verdade é que apesar de antes as pessoas vestirem roupa de marca ou não, isso não ditava se somos ou não boas pessoas e hoje em dia se vestimos boa roupa já somos boas pessoas, já somos populares, já fazemos parte do ideal dos rapazes (...) acho que todos temos culpa, mas a verdade é que é muito mau de ver :x

    ResponderEliminar
  45. Fiquei sem palavras...um belíssimo texto sem duvida alguma :)

    Há pessoas que podem "desaparecer", "sair" das nossas vidas...mas não caiem no esquecimento, pois existe um lugar em nós que não o permite...o coração ;)

    Muito obrigado :)

    ResponderEliminar
  46. Claro que sim.
    Cas Haley - Walking On The Moon

    ResponderEliminar
  47. Muito obrigada pelas palavras querida.
    Remeto também para ti um voto de força :)

    ResponderEliminar
  48. sublinho tudo o que disseste princesa, tens toda a razão.
    princesa <3

    ResponderEliminar
  49. Simplesmente, ADOREI ;)
    e muito obrigada querida <33

    ResponderEliminar
  50. obrigada (:
    vou seguir, gosto mt

    ResponderEliminar
  51. obrigada :) gostei muito!

    ResponderEliminar
  52. pois é princesa, é ja dia 1 :)

    ResponderEliminar
  53. esta lindo :)

    ResponderEliminar
  54. Adorei ( :
    Muitos parabens, continua
    Ana

    ResponderEliminar
  55. É o 2º texto teu qe leio e está, como o anterior, LINDO.

    ResponderEliminar
  56. muito obrigada :)
    adorei os textos... vou seguir :)*
    beijinho

    ResponderEliminar
  57. Já estive a dar uma olhadela.. e queres saber de uma coisa? Temos de deixar é os problemas atrás das costas, os problemas e o passado. É o melhor.

    ResponderEliminar
  58. o mesmo te desejo a ti, de coração <3

    ResponderEliminar
  59. Força é o que por vezes me falta :x

    ResponderEliminar
  60. Obrigada, tmb gostei imenso e vou seguir :D

    ResponderEliminar
  61. estou a torcer por ti, já sabes, SEMPRE! <3

    ResponderEliminar
  62. . obrigada :) !
    Adorei o teu texto, está fantástico!

    ResponderEliminar
  63. não tens nada que agradecer, nunca, princesa linda <3

    ResponderEliminar
  64. Esta lindo minha parvalhona <3 @

    ResponderEliminar
  65. sou capaz de ir aí para a universidade +.+

    ResponderEliminar
  66. não tens de que, *.*
    beijocas grandes!

    ResponderEliminar
  67. Gostei Imenso (:
    Ana Rute

    ResponderEliminar
  68. Parece-me que existe uma vontade "reprimida" de reencontrar a pessoa de quem falas, o que é normal, pois não é fácil "fechar a porta" (como referes) ao passado, mesmo que este na realidade não tenha sido aparentemente relevante para uma das partes.
    Assim como é normal que estes "recalcamentos" (se assim se podem chamar) venham "à superfície" através do inconsciente, ou seja, através dos nossos sonhos.

    Tenho que te dar, mais uma vez os meus parabéns, pela forma criativa da escrita, pois para mim conseguiste em algumas linhas, transmitir uma série complexa de sentimentos.
    Contudo, se me permites, gostaria de deixar uma pequena critica, é que da mesma forma que existe uma série de sentimentos/emoções transmitidas que confundem a cabeça de quem está apaixonado; existe igualmente um pouco de confusão no texto, pois a certo momento se deixa de perceber o que é realidade e o que é o sonho. Mas calculo que foi esse mesmo o objectivo do texto!
    É claro que o texto não está aqui para ser avaliado, mas o que queria dizer é que fosses uma conceituada e reconhecida escritora, este texto seria uma genialidade difícil de alcançar, mas no caso de uma pessoa normal este seria um confuso. Mas no final teria um muito bom!!!

    ResponderEliminar
  69. Já para não falar da música de fundo que é linda e faz parte de um dos filmes qu emudou a minha vida . Twilight! O teu blog está lindo de morrer, Como eu gostei :D
    Estou a seguir-te claro
    Segue o meu também :D

    ResponderEliminar
  70. Obrigada babe
    Olha como conseguiste por a música de fundo no blog ? É que eu sou tão nabiça que não consigo :x
    Ajudas-mee !

    ResponderEliminar
  71. obrigada pela atenção, estás a ser espectacular mas se não levares a mal não te vou dar a pass , sorry :X
    Mas olha também não faz mal porque já me prometeram que me vão ajudar a meter ahahah, amanha já tenho eheheh :D
    muito obrigada á mesma :D

    ResponderEliminar
  72. uma magia imperceptível para muitos, uma arte, uma realidade...apenas a maneira como escreves:)

    muitos parabens , mais uma vez :)

    ResponderEliminar
  73. Obrigada á mesmo Isa +.*

    ResponderEliminar
  74. "Talvez um dia, a coragem bata à porta e eu a deixe entrar e por fim ganhe coragem para te amar."
    adorei *--*

    ResponderEliminar
  75. ora essa princesa ! o mérito é todo teu

    ResponderEliminar
  76. está mesmo bonito ! força *

    ResponderEliminar
  77. está lindo! :) adorei^^
    ass: janinha

    ResponderEliminar
  78. Obrigada, agradecia-te que seguisses pois sigo o teu também.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  79. muito obrigado :)
    segue-me pfv *

    ResponderEliminar
  80. Claro que gostei, gosto sempre :D escreves muito bem (:
    Oh não tens que agradecer (;

    ResponderEliminar
  81. Não percebo o que está a acontecer com o último post que colocas-te, pois como estou a seguir o blog, aparece-me um novo post (e já estava todo cheio de vontade de o ler), só que só consigo ler este que, apesar de muito belo (como já tinha referido) já tinha lido :(
    Gostava de ler o novo post!!!

    ResponderEliminar
  82. oh como adorei meu bem !

    ResponderEliminar

Diz-me o que pensas , dá-me a tua critica construtiva (:*

Sobre Mim

Pequenos Pedaços *

Seguidores